Atualizado em 19.07.2014

Atualizado em 19.07.2014

terça-feira, 22 de março de 2011

14 - DOENÇAS DE PELE - HERPES - CÂNDIDA ALBICANS - PSORÍASE, CANDIDÍASE, PELE , CABELOS níquel, cromato, .ALUMÍNIO, benzalcônio, CANDIDÍASE, Candidíase Crônica, Candidíase genital, candidíase peniana, cromato, herpes, infecção por leveduras, Psoríase níquel, titânio, zircônio

Itens nesse tópico:
- Definição resumida Herpes
- HERPES LABIAL 
Herpes ocular é uma infecção no olho causada pelo vírus do herpes simples (HSV) do tipo 1, o mesmo que é responsável pelo herpes labial.
- Herpes Genital
- Quem tem genital também tem labial? É o mesmo vírus?
- Manifestações repetitivas 
- Atentem a : níquel, cromato, titânio, zircônio, alumínio,  benzalcônio e mercúrio das amálgamas.
- tratamento.
- Tipos de Psoríase
- CANDIDÍASE - Mais sobre em 
http://candidiasecausasesintomas.blogspot.com.br/2016/07/i.html
- Cândida albicans
- Sintomas
- A candidíase é basicamente uma doença causada por imuno-deficiência do próprio corpo.
- A limpeza da Cândida no corpo é MUITO importante.
- candidíase recorrente 
- SINAIS E SINTOMAS DA CANDIDÍASE CRÔNICA -
Também conhecida como Candidíase invasiva
- pele e cabelos 
- Observando os rótulos.
A causa da minha candidíase vaginal (ou peniana) recorrente pode ser a candidíase intestinal?


Herpes é uma doença viral recorrente, geralmente benigna, causada pelos vírus Herpes simplex 1 e 2, que afeta principalmente a mucosa da boca ou região genital, mas pode causar graves complicações neurológicas. Com o uso do GFU a melhora é bem rápida. Os acompanhamentos nos mostram que no máximo em 3 meses não aparece mais. Em alguns casos onde o estresse e ansiedade são muito elevados ao dar um sinal recomenda-se fazer uma sessão de 4 vezes ao invés de 3 por 3 dias seguidos.

O vírus do herpes é considerado pela medicina um dos mais difíceis de controlar.

É uma doença altamente contagiosa que se espalha na fase em que a ferida está cheia de bolhas com líquido. Transmite-se por contato direto com a ferida do herpes de alguém. Por roupas, toalhas e pelos objetos infectados pelo vírus. O indivíduo recentemente contaminado pode demorar anos para desenvolver os primeiros sintomas de herpes. Segundo pesquisas 85% da população mundial já teve contato com o vírus e são considerados portadores.
HERPES LABIAL
O herpes labial é uma infecção nos lábios, na boca ou nas gengivas causada pelo vírus herpes simples. Ela leva ao desenvolvimento de bolhas pequenas e doloridas geralmente chamadas de aftas ou herpes de boca. 
A infecção inicial pode não causar sintomas ou úlceras na boca.

A disseminação pode ocorrer por meio de contato íntimo ou por meio do contato com lâminas, toalhas, louças e outros artigos compartilhados que estejam infectados. Ocasionalmente, o contato oral-genital pode espalhar o herpes para os órgãos genitais (e vice-versa).
"Entre os fatores relacionados com as recorrências de herpes podemos citar a exposição excessiva ao sol ou a radiação ultravioleta, temperaturas baixas, febre, infecções, estresse físico ou mental, distúrbios gastrointestinais, gripes, resfriados, menstruação, gravidez e uso de corticóides". explica Amália. Sendo que nas pessoas com deficiências imunológicas, a doença pode causar sérias complicações, pois o organismo tem a resistência muito baixa, ficando mais vulnerável a infecções. 
A infecção se divide em quatro estágios:
1. O lábio arde e coça.
2. Inicia-se um pequeno inchaço, formando bolhas frequentemente dolorosas
3. As bolhas rompem-se e juntam-se ocasionando ferida com secreção; neste estágio, o vírus pode ser transmitido a outras pessoas com muita facilidade.
4. A ferida seca e sara; formam-se cascas e ocorre a cicatrização.
Estas lesões reaparecem com frequência variável de indivíduo para indivíduo
O vírus pode infectar outras partes do corpo, se tocadas logo após o contato com a ferida labial. Se, por exemplo, após tocar a ferida do herpes labial, a pessoa tocar os olhos, pode provocar uma infecção grave, com a formação de úlceras na parte transparente do olho (córnea).

Herpes Genital
Características das lesões:
Pequenas vesículas que se distribuem em forma de buquê nos genitais masculinos e femininos. Pequenas feridas agrupadas de bordas arredondadas, avermelhadas, com líquido transparente em seu interior. Às vezes, elas estão presentes dentro do meato uretral ou, por contiguidade, podem atingir a região anal e perianal, de onde se disseminam se o sistema imunológico estiver debilitado.
Alguns dos sintomas do herpes genital são: Coceira; Dor; Ardor ao urinar ou defecar, caso esteja localizada próxima ao ânus; Ínguas na virilha; Mal estar; Perda do apetite entre outros.
Quem tem genital também tem labial? É o mesmo vírus?
Tem o tipo 1 e o tipo 2, eles são da mesma família. Teoricamente o 1 era conhecido como labial e o 2 como genital, mas eles se manifestam da mesma maneira e hoje são encontrados tanto nos lábios quanto nos genitais pela prática de sexo oral. Nem na sorologia é possível saber qual tipo é. O vírus fica em latência em gânglios nervosos próximos ao local afetado, por isso ele sempre é manifestado no mesmo lugar, mas pode aparecer em outras áreas pelo contato com as bolhas.

 http://www.minhavida.com.br - www.mdsaude.com/ - pt.wikipedia.org/wiki
http://www.portalsaofrancisco.com.br -http://www.tuasaude.com/ - http://noticias.uol.com.br/


Manifestação do Herpes

É comum acontecer essa manifestação após uma infecção e também após o uso de antibióticos. Ele passa a viver no sistema nervoso central (gânglios)

Os adultos que tem manifestações repetitivas é porque também estão com sua imunidade enfraquecida. Ver em seu exame de sangue como estão seus glóbulos brancos. No tópico sangue – como ver um exame de sangue tem mais informações sobre.

Os vírus do Herpes também podem aparecer nos centros nervosos da pele por fricções ou mudanças bruscas de temperatura.

Os estudos aconselham a só colocar na pele produtos livres de químicas. Atente aos rótulos! Atenção redobrada para: níquel, cromato, titânio, zircônio, alumínio e benzalcônio. Veja inclusive os detergentes e sabão em pó que usa para lavar louça e roupa. Colocando abaixo algumas páginas sobre. Os elementos químicos devem ser evitados por todos e principalmente por  aqueles estão num processo de retorno a saúde.


O contrair e manifestar o Herpes é sinal de um sistema imunológico enfraquecido. O sistema imune atuante teria a capacidade de destruí-lo rapidamente. Mais uma vez a importância do uso do GFU para manter nosso sistema imunológico em equilíbrio.

O processo da Psoríase é bastante semelhante é requer um tratamento um pouco mais longo, pois se agrava de forma mais fácil por suas lesões serem mais fortes

Evite friagens, ventos e sol direto nos horários de pico. Vale o esforço até melhorar bem, pois sanar as lesões leva tempo. 

Os casos de Psoríase seguem as mesmas indicações. Uso do GFU 1 dia sim e 2 não nos primeiros meses. Em crises pode usar dias seguidos. Após um mês de uso do aparelho pode usar vaporização com P10 ou com bicarbonato na hora da aplicação das sessões. 
http://mineraisnaturais.blogspot.com.br/
Recomenda-se o uso do Trio Suplementar Natural, uma vez que está comprovado que as reincidivas do Herpes e a demora na Psoríase são causadas por defesas baixas e pelo círculo vicioso que as doenças de pele causam - estresse, dores, auto-estima, depressão, tristeza, entre outros que acidificam o sangue. Saiba mais no link acima.

No caso das psoríase demoram um pouco mais de tempo por normalmente serem mais abrangentes. No caso de herpes os usuários relatam 3 meses somente usando o aparelho.

Psoríase (do grego psora "coceira" + -sis "ação, condição") é uma doença inflamatória crônica da pele, podendo afetar mucosas, unhas e até articulações. Cerca de 2-3% da população tem psoríase, que acomete homens e mulheres de qualquer idade, sendo frequente o seu aparecimento na terceira década de vida. É caracterizada pela presença de lesões avermelhadas, bem delimitadas, descamativas,em qualquer parte do corpo. Apresenta período de melhora e piora ao longo da sua evolução. A psoríase pode levar a uma piora na qualidade de vida dos pacientes, devido ao preconceito das pessoas que os cercam.
É agravada por fatores psicológicos, estresse, frio, baixa umidade, ingestão de álcool e tabaco e corticosteroides. Não é contagiosa.

Os quadros de psoríase recebem sua denominação conforme sua localização e aspecto:
 
Psoríase Vulgar:
Placas de tamanhos variados, bem delimitadas, avermelhadas, com escamas secas e aderentes prateadas ou acinzentadas nos locais mais comuns (couro cabeludo, cotovelos, joelhos, por exemplo).
Psoríase invertida:
Lesões mais úmidas, localizadas em áreas de dobras (embaixo das mamas, área genital, entre nádegas).
Psoríase Gutata:
Lesões em forma de gotas associadas a processos infecciosos. As lesões são pequenas, localizadas no tronco e parte proximal dos braços e coxas (mais perto dos ombros e quadril), poupando mãos e pés. São numerosas e aparecem abruptamente mais em crianças e adultos jovens.
Psoríase Eritrodérmica:
Lesões generalizadas (75% ou mais da área corporal).
Psoríase Ungueal:
Pode ser comprometimento isolado na psoríase, acometendo mais unhas da mãos que dos pés. São características da doença, mas não específicas. Podem ser mais freqüentemente depressões puntiformes ou manchas amareladas cor de óleo, mas existem outras alterações menos comuns nas unhas.
Psoríase Artropática:
Por volta de 8% dos casos pode haver o comprometimento articular. Na artropatia periférica as manifestações freqüentes são: início agudo (abrupto) ou sub-abrupto, com comprometimento assimétrico de várias articulações nas pontas dos dedos das mãos e pés e, ocasionalmente, associação com alguma articulação grande como joelho ou cotovelo. Quando o quadro articular é prolongado e mais grave, aparecem deformidades nos dedos que adquirem a "forma de salsicha". Na artropatia central, a coluna lombar superior e torácica inferior são as mais acometidas.
Na artrite psoriásica juvenil (menores de 16 anos), as meninas são mais acometidas e o início do quadro de artrite pode preceder o quadro cutâneo.
 
Psoríase Pustulosa:
Aparecimento e lesões com pus (mas estáveis). Há uma forma localizada em mãos e pés e uma generalizada.
Psoríase Palmo-Plantar:
Pode haver envolvimento de palmas das mãos e sola dos pés em 12% dos casos. As lesões típicas podem apresentar fissuras (rachaduras), e são de difícil manejo.
http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?353
Em todos os casos fica aqui a indicação do uso do GFU mais o protocolo para cicatrização.

CANDIDÍASE

Candidiasis, ou Cândida, é uma infecção fúngica causada por um grupo de leveduras.

Existem várias espécies de Cândida , a mais comum e pesquisada é a Cândida albicans. Essas leveduras normalmente habitam as superfícies e os revestimentos de muco do corpo humano. Isso inclui a boca, trato gastrintestinal cavidade vaginal etc. Se multiplicam especialmente em zonas quentes e úmidas.

Candidíase não é só o corrimento vaginal ­­— com ardência e coceira. Todos podem ter Cândida em qualquer parte do corpo. 

 Homens adquirem candidíase peniana ao terem contato sexual com uma parceira contaminada devido a uma fraqueza no sistema imunológico. Alergias a alimentos e agentes químicos também podem desencadear a candidíase em homens.

A candidíase pode atacar basicamente qualquer parte do corpo, desde as juntas, músculos, cérebro, intestino, até os casos mais conhecidos como a área vaginal, bucal (sapinho) e peniana. Pouco se divulga sobre a Candidíase Sistêmica  (colocando sobre mais abaixo ) , a grande maioria das pessoas conhece a Candidíase vaginal e do pênis. Dra. Hulda já coloca sobre há muitos anos. Segundo ela quase todas as pessoas que ela tratou com câncer tinham esse fungo: Candida Albicans. Gente: GFU  neles antes que se espalhem demais. Faça a aplicação como colocado em " Como Usar" e quando em crise ou estresse faça 3 dias seguidos e 4 vezes ao invés de 3. Se persistir pule 1 dia e faça novamente  3 dias seguidos e 4 vezes ao invés de 3.

 Num organismo saudável, este fungo raramente encontra oportunidade para se multiplicar de forma preocupante, por isso crises de cândida geralmente ocorrem quando, por algum motivo, seu sistema imunológico não está funcionando 100%. Dietas para perda de peso, uso de antibióticos, stress intenso, uso de medicamentos com corticoides, anemia, enfim, diversos são os motivos que levam seu sistema imunológico a abrir uma brecha para a reprodução desenfreada da cândida albicans. A ponta do iceberg são os sintomas que você apresenta.Dificilmente aparece em exames de sangue e ou urina.

Sintomas : má digestão, diarreia, enxaqueca, sonolência, queda de cabelo, corrimento, dores menstruais, dores ciáticas e artríticas, queimação, secura, apatia, perda da libido, baixa imunidade, alergias, hipoglicemia, distúrbios da tiroide entre MUITOS OUTROS. Quando se torna crônica a lista aumenta. Mais sobre os sintomas e doenças em:
http://candidiasecausasesintomas.blogspot.com.br/2016/07/i.html


Está por trás de doenças crônicas e degenerativas como câncer, artrite, diabete, AIDS e síndromes diversas, cada vez mais frequentes no dia a dia.

Infecção por Cândida ocorre em indivíduos que têm funções de sistema imunológico baixo, como aqueles com diabetes. AIDS, sangue e outros tipos de câncer etc. OU LEIA: Pessoas com sistema imunológico baixo costumam ter a Cândida Albicans sistêmica que leva a Doenças Degenerativas.


A candidíase é basicamente uma doença causada por imuno-deficiência do próprio corpo.
 Ao não ter conhecimento de suas deficiências imunológicas, muitas pessoas fazem uso de medicamentos para tratar a candidíase, o que na verdade somente encobre seus sintomas, e como conseqüência comprometem ainda mais seu sistema imunológico.

Com a imunidade baixa, fungos oportunistas como a cândida albicans se aproveitam da situação e se proliferam. Sempre o sistema imuno... elimine os fungos! Ajude seu corpo a recuperar seu sistema imune! USE O GFU REGULARMENTE.

- A Cândida Albicans torna-se com o tempo resistente a agentes químicos que tentam exterminá-la.
- A Cândida Albicans alimenta-se de açúcar e tem seu crescimento estimulado por ingredientes presentes na alimentação.


- O sistema imunológico é uma das nossas maiores armas contra a candidíase, no entanto, é de pleno conhecimento da medicina que antibióticos comprometem seriamente nossas defesas e abaixam o nosso pH. O uso da Eletroterapia GFU - nos ajuda a aumentar nossas defesas e a deixar nosso pH correto. Promovendo o aumento das defesas com a eliminação dos metais pesados, das toxinas e químicas. Favorece a oxigenação celular e com um sangue limpo o oxigenado  as formas vivas que enfraquecem o Ser não encontram habitat para se desenvolverem e morrem. 

- Uma das mais freqüentes causas de crises de candidíase é o stress e ansiedade. A Candidíase causa o stress, a ansiedade e a depressão. E o stress, a ansiedade e a depressão aumentam a candidíase. Eis aqui mais um exemplo do círculo vicioso que comentamos no texto do pH.

Causas mais freqüentes da candidíase: 
- Uso de antibióticos
- Dietas alimentares ou alergias a certos alimentos
- Alimentação deficiente
- Anemia
- Uso de medicamentos com corticoides
- Gravidez
- Stress
- Ansiedade
- Privação de sono
- Pílula anticoncepcional
- Uso de cremes e produtos na área vaginal
- Duchas vaginais


É interessante notar que algumas causas são também os sintomas que elas provocam. Nos tratamentos  para Candidíase uma das primeiras coisas que os usuários do aparelho de Eletroterapia colocam é : Estou dormindo melhor. Tenho menos ansiedade. Estou desinchando e com menos vontade de me alimentar com açucares.Me sinto com maior disposição. Minha memória está melhorando, minhas dores musculares desapareceram. Meus cabelos não caem mais. Minha pele melhorou. O dormir melhor já colabora em qualquer tratamento. O diminuir os açucares e farinhas de forma espontânea também.


A limpeza da Cândida no corpo é MUITO importante. Nesse caso sugere-se o uso do GFU como está no tópico " Como Usar" para reequilibrar seu sistema imunológico e oxigenar o sangue. A Cândida não sobrevive em ambiente alcalino.   


A constância no tratamento, o foco no ph, (veja sobre o pH no tópico pH) alimentos alcalinos....
http://gfugeradordefrequencia.blogspot.com.br/2011/03/x_5013.html

A Cândida é chatinha de tratar, mas merece toda nossa atenção pois faz MUITA coisa em nosso corpo. 


A CANDIDA está naturalmente presente no organismo,  sua proliferação é simplesmente uma CONSEQUÊNCIA de um DESEQUILÍBRIO DO SISTEMA IMUNOLÓGICO.
A candidíase não é a CAUSA da doença, mas a CONSEQUÊNCIA de UM SISTEMA IMUNOLÓGICO ENFRAQUECIDO E DEFICIENTE QUE PERMITE SUA PROLIFERAÇÃO.

UM DOS OBJETIVOS DA ELETROTERAPIA É ESSE EQUILÍBRIO.


Se for localizada (genital, peniana, na região do anus ou virilha), com ardência e coceiras é interessante fazer banhos localizados sempre que for ao banheiro.

Manter o local sempre seco.

Use sempre calcinha e cueca de algodão e quando estiver em casa procure ficar sem calcinha ou cueca. A Cândida se prolifera em locais quentes e úmidos. O que muito ajuda na cicatrização é o sol. (10 minutinhos de manhã ou fim de tarde).

Quando sair, evite calças apertadas e de lycra.


Abraços
LUZ e PAZ
Helô


Em casos de candidíase recorrente é necessária uma observação mais profunda das causas das reincidências. A cândida pode estar ativa em alguma outra parte do seu organismo (como em seus intestinos) e raramente seu médico irá diagnosticá-la. Tratar somente as crises pode fazer com que com o tempo a cândida se espalhe para outros órgãos de seu corpo tornando sua cura definitiva mais difícil.

SINAIS E SINTOMAS DA CANDIDÍASE CRÔNICA -
Também conhecida como Candidíase invasiva
Referem-se à condição quando a Cândida invade a corrente sanguínea. A partir daqui Cândida passa a infectar os principais órgãos e complicando os quadros patogênicos.

Cândida albicans é um fungo comum no ambiente e está presente em muitos dos alimentos que consumimos. 

Sinais e sintomas da Candidíase Crônica:
-Necessidade de comer açúcar, pão, leite e derivados;
-Gases;
-Distúrbios digestivos;
-Alteração no hábito intestinal;
-Eructação;
-Azia;
-Congestão nasal e coriza;
-Coceira no nariz;
-Urticárias;
-Pele seca e infecções por fungos;
-Sonolência;
-Depressão;
-Ansiedade;
-Tonturas;
-Hiper-irritabilidade;
-Alterações bruscas de humor;
-Retenção de líquidos;
-Dores de cabeça;
-Dores musculares e articulares;
-Infecções urinárias frequentes, etc. 

Para eliminar a proliferação da Cândida usamos o  GFU - aparelho de Eletroterapia como está no tópico " Como Usar" para reequilibrar seu sistema imunológico e oxigenar o sangue. A Cândida não sobrevive em ambiente alcalino.    


A Cândida no:
-no sistema gastrointestinal : dá sapinho, flatulência, gases, cólicas, cólon irritável, coceira ou queimação anal, intestino irregular, garganta seca
-no sistema geniturinário dá vaginite e infecções das vias urinárias
-no sistema endócrino mexe com a menstruação das formas mais diversas
-no sistema nervoso dá depressão, irritabilidade, insônia e dificuldade de concentração
-no sistema imunológico dá alergia, sensibilidade a produtos químicos e função imunológica diminuída e de modo geral está ligada a fadiga crônica, falta de energia, mal-estar e perda da libido.



Candidíase oral ocorre quando há super crescimento de Cândida na boca e da faringe (parte de trás da boca). Às vezes o tubo de alimentação ou esôfago pode ser afetado também. Isso é chamado esofagite Cândida ou candidíase esofágica. Adultos com sistema imunológico baixou podem sofrer de candidíase oral. 

Aqueles com dentaduras mal ajustadas também comumente sofrem sapinhos – outro nome dado para a Cândida.

Também se fala em infecção por leveduras. Ocorre quando o equilíbrio hormonal ou ácido normal do ambiente vaginal está alterado.
Candidíase genital pode afetar homens também. Neles é chamado de candidíase peniana. Pode haver comichão, irritação e inchaço ao redor da vagina ou ao longo do pênis. MAIS EM:

Os casos que acompanhamos com o uso do GFU tiveram resultados muito bons e "depois" que a pessoa já está dormindo, com diminuição da ansiedade, com menos vontade de açúcar  entre outros (1 mês de uso do aparelho) se for necessário, indicamos uma receita de um creme que ajuda na parte vaginal e peniana.

A Cândida albicans é um organismo que pode existir de duas formas. 

- Uma é o fermento, que se reproduz ativamente através da fermentação dos açúcares presentes no estômago e nos intestinos.
- Outra é o micélio, parte do fungo que invade as células e os sistemas do corpo, deixando toxinas que provocam reação das células imunológicas - ou, em outros termos, produzindo antígenos que formam anticorpos. Isso resulta em stress metabólico, deficiências nutricionais e insuficiência hepática, provocando e desgastando o sistema imune e confundindo a ação de enzimas e hormônios essenciais para a vida normal.

Enzimas são proteínas responsáveis pela maioria das reações químicas que acontecem o tempo todo no organismo. 

Hormônios são mensageiros que as glândulas mandam para modificar a atuação das células. 

Pois bem, a cândida consegue construir moléculas parecidíssimas com as moléculas hormonais, fazendo falhar as enzimas, alterando todos os sistemas orgânicos e gerando os sintomas mais inesperados.

As toxinas da cândida impedem que a glicose seja processada de modo eficiente, e como todas as nossas células dependem da glicose, ter cândida é praticamente a mesma coisa que ter hipoglicemia que com o tempo pode virar uma Diabete.


Uma das coisas mais curiosas que as canditoxinas podem aprontar é que de repente você sente embriaguez sem ter bebido uma gota sequer de álcool. 

Como assim? Simples: afinal, ela é um fermento com a mesma capacidade dos que produzem vinho, uísque, cachaça. Você come frutas, ela fermenta a frutose e abastece o alambique; você come doces, ela fermenta a sacarose; você come cereais, e lá vai ela fabricar uísque nacional.

 No mínimo isso dá sonolência e dificuldade de concentração depois de comer, mesmo que você esteja na mais romântica das alcovas com o ser amado. Tem gente que começa a esquecer as coisas, falar enrolado, andar sem firmeza, parecendo que bebeu demais... E qualquer esforço no sentido de manter a consciência dá um cansaço enorme.

 O caso é dormir porque a intoxicação alcoólica já pôs o fígado a nocaute. Assim: o fígado tem uma camadinha de células, ditas de Kupffer, que constituem 90% das macrófagas do corpo. São elas que assimilam e neutralizam as toxinas que vêm do intestino junto com os nutrientes. O álcool entorpece as pequeninas Kupffer de tal modo que elas não conseguem trabalhar, e o sangue intestinal passa à corrente sanguínea sem ser filtrado. 

 E esse álcool tanto pode ser o da garrafa quanto o endógeno, que se produz pela fermentação interna na maior inocência, na maior candidez...Uma comprovação dessa afirmação é você urinar num pote e deixar quieto. Após algumas horas você. vai perceber o odor de álcool.

Bibliografia e fontes: Só para Mulheres ,Sonia Hirsch - A Cura para Todas as Doenças Dra. Hulda Clark - The Missing Diagnosis, C. Orian Truss, P.O. Box 26508, Birmingham, Alabama, 1983. The Yeast Syndrome, John Parks Trowbridge, MD, and Morton Walker, DPM, Bantam Books, NY, 1986. The Candida Albicans Yeast-Free Cookbook, Pat Connolly & alter, Keats Publishing, Connecticut,1985. The Yeast Connection, William G. Crook, M.D., Professional Books, P.O.Box 3246, Jackson, Tennessee 38303, USA, 1993. Linus Pauling Institute of Science and Medicine, 440 Page Mill Road, Palo Alto, CA 94306. Price-Pottenger Nutrition Foundation, 5871 El Cajon Boulevard, San Diego, CA

A causa da minha candidíase vaginal (ou peniana) recorrente pode ser a candidíase intestinal?
Esta é uma pergunta frequente e é um assunto muito mal compreendido! Sim!!! Crises esporádicas de candidíase vaginal ou peniana podem ter as mais variadas causas, porém se a pessoa apresenta crises recorrentes (crônicas) a doença não está em seus órgãos sexuais, mas sim em seu trato digestivo (muitas vezes em todo o aparelho digestivo, não somente nos intestinos).



Falta de atenção, memória fraca, insônia, dores musculares, cabelos fracos, erupções cutâneas, cansaço sem razão aparente, todos estes sintomas podem mascarar uma candidíase intestinal, também chamada de sistêmica, pois atinge o corpo como um todo.


Candidíase e Fadiga Crônica: Pode a candidíase ser a razão pela qual você sente-se cansado o tempo todo?
Fadiga crônica é considerada uma doença da modernidade. Cada vez mais pessoas são diagnosticadas com um “cansaço crônico sem causa aparente”. Estudos têm ligado esta condição à um sistema imunológico baixo. Olha ele aí de novo!!!Sabe-se que a candidíase é uma doença oportunista que se aproveita de estados de fraqueza imunológica, logo podemos fazer a conexão entre causa e efeito.

Mas a relação lógica é só a ponta do iceberg! Em estudos realizados pela Universidade de Washington, EUA com diversos pacientes que sofriam de fadiga crônica, percebeu-se a presença da cândida.

RESUMO : A candidíase é geralmente causada por uma baixa no sistema imunológico, ao mesmo tempo em que a imunidade é afetada pela infecção. Torna-se então um círculo vicioso, o corpo não consegue recuperar suas defesas devido à infecção e a cândida continua se aproveitando da fraqueza para se reproduzir. "Um dos" objetivos da Eletroterapia com o uso do GFU é a recuperação do sistema imunológico.

Mas a fadiga crônica ligada à candidíase não é só causada pela fraqueza do corpo. A cândida ao se reproduzir e formar suas colônias começa a liberar no sangue toxinas que causam os mais diversos sintomas como dor de cabeça, depressão, acne, letargia, insônia, falta de atenção, dor muscular, falta de libido, entre outros. Estes sintomas juntos, podem ser diagnosticados como fadiga crônica.

Um grande risco porém, é deixar-se medicar para algo que a medicina ainda não compreende totalmente como a fadiga crônica, enquanto o problema em si é a candidíase. 
                                                                                                                                                        
Alguns médicos inclusive se negam a tratar a fadiga crônica. Eles simplesmente recomendam que a pessoa “descanse” e se alimente melhor! Outros porém, prescrevem antidepressivos, medicamentos para dores musculares, remédios para dormir, enfim, tratam os problemas aparentes (sintomas), enquanto a causa verdadeira (a candidíase) está crescendo cada vez mais e se fortalecendo, se beneficiando do efeito negativo no corpo dos remédios administrados para tratar os sintomas secundários! A constância no tratamento, o foco no pH, alimentos alcalinos....A Cândida é chatinha de tratar, mas merece mais atenção pois faz MUITA coisa em nosso corpo.

Abraços
LUZ e PAZ
Helô

Para saber mais sobre: ACIDOSE - SINTOMAS - SANGUE GROSSO - SANGUE SUJO - sangue ácido o que causa? Clique no link:
http://gfugeradordefrequencia.blogspot.com.br/2011/03/x_6659.htmlhttp://gfugeradordefrequencia.blogspot.com.br/2011/03/x_6659.html


Para saber mais sobre: DEPRESSÃO - TRISTEZA - HORMÔNIOS - GLÂNDULAS - TIREOIDE.
http://gfugeradordefrequencia.blogspot.com.br/2011/03/x_547.html

Observando os rótulos: Por aqui dá para termos uma pequena ideia das químicas que colocam nos produtos. 










































O CORPO É PERFEITO - AJUDE-O A CUMPRIR SUAS FUNÇÕES. " SOBRE A PELE "
Um dos objetivos do GFU é a limpeza do sangue e oxigenação das células e uma das coisas mais rápidas que percebemos com o uso é o cabelo deixar de cair e ficar brilhante sem condicionadores e uma pele limpa e bonita. Com a limpeza do sangue o corpo não vai mais colocar a "sujeira" para fora através da pele e do couro cabeludo.






Frisando sempre: Consulte seu médico. Esse blog não está indicando o uso de medicamentos
Apenas passando informações .

Legalmente é obrigatória essa declaração abaixo:
As informações, sugestões e idéias apresentadas neste documento são apenas para informação e não devem ser interpretadas como conselhos médicos, diagnóstico de doenças, ou para efeitos de prescrição. Os leitores devem consultar seu médico antes de iniciar qualquer programa de tratamento alternativo. As informações contidas neste documento não devem ser usadas para substituir os serviços ou as instruções de um médico ou profissional de saúde qualificado.
Este produto não é destinado a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença, dor, ferimentos, deformidade ou condição física ou mental. Consulte sempre seu médico.