Atualizado em 19.07.2014

Atualizado em 19.07.2014

terça-feira, 22 de março de 2011

8 - DEPRESSÃO - TRISTEZA - DEPRESSÃO e a INFLAMAÇÃO - DEPRESSÃO e a Metafísica, DEPRESSÃO e a Medicina Chinesa, DEPRESSÃO e a ACIDOSE


O que vem a ser a depressão? Os textos nesse azul são de minha autoria.

 O mito da pílula da felicidade já caiu por terra, sabemos que é necessário uma vida harmoniosa e equilibrada sem fatores externos e internos que desequilibram nosso corpo. Para que possamos ser saudáveis. Como diz a Dra. Hulda. SER saudável é acordar FELIZ !


Como estamos aqui com foco no Equilíbrio do SER como um TODO  vale colocar a importância da  Eletroterapia - GFU.
http://gfugeradordefrequencia.blogspot.com.br/


Porque a Eletroterapia - GFU - acaba com a depressão. 
 Novas técnicas de tratamento são bem-vindas porque 30% das pessoas com depressão não respondem aos medicamentos atuais e quando o corpo aceita podem causar vários efeitos colaterais como, por exemplo, ganho de peso, perda de libido, insônia, entre outros.
Depressão uma doença inflamatória. Fiquem atentos começarão as indicações de anti inflamatórios para a depressão. Nós acreditamos que os medicamentos químicos não são a melhor opção.  Já aparece na mídia: Anti-inflamatórios podem ser o futuro do tratamento para a depressão ...

A depressão é também uma consequência do desequilíbrio do nosso sistema de defesa do nosso organismo. Desse modo, uma inflamação colabora com o surgimento da depressão e se essa inflamação não for tratada pode ir agravando a quadro.  
Pesquisas indicam que os processos inflamatórios podem também ser desencadeados por estresse físico ou mental Todo tipo de estresse diminui nosso sistema de defesa. 
A conexão entre depressão e inflamação
Um grupo extenso de pesquisas , hoje mais divulgados nos demonstra que a depressão também está associada com uma resposta inflamatória crônica, de baixa intensidade, e é acompanhada por estresse oxidativo aumentado.

 Estimulação com corrente elétrica de baixa intensidade amadurece como técnica promissora no tratamento contra depressão. Interessante essa colocação. Tratamento que já era aplicado antes da era industrial/farmacêutica por médicos.
O grupo da brasileira radicada em Londres é um dos que mais têm se dedicado a pesquisar sobre e a inflamação e os diversos tipos de doença, como depressão, problemas cardiovasculares e processos ligados ao envelhecimento precoce. Já divulgamos há alguns anos sobre esses assunto. Comecei minhas pesquisas como radiestesista desde 1987 e passei a divulgar por e mail e posteriormente com o surgimento dos blogs, pelo blog. Atualmente como amo compartilhar o que aprendo estou com vários blogs e divulgo também pelo face.
Estudos têm demonstrado que pessoas com depressão ou transtorno bipolar, tanto aqueles que com doença física e os clinicamente saudáveis, tinham níveis mais elevados de inflamação. Pelas experiências com o acompanhamento de várias pessoas nestes 25 anos isso já é muito claro há anos. Como podemos ter algum sintoma, dor ou doença sem algo estranho em nosso corpo ? 

Costuma-se afirmar que as  infecções sempre levam a uma reação inflamatória e que são causadas por organismos microscópicos, como as bactérias, os vírus ou os fungos, por exemplo, ou de dimensões maiores e constituição mais complexa, como os ácaros, pulgas, piolhos, etc. 

Vários desses organismos microscópicos  vivem no corpo das pessoas sem causar doenças quando as mesmas estão com seu sistema imunológico equilibrado e cumprindo suas funções de modo adequado. Caso contrário, um sistema imunológico enfraquecido deixa portas abertas para diferentes tipos de doenças., entre elas a depressão.

Ficou demonstrado pela ciência que os pacientes deprimidos que se mostraram mais resistentes aos tratamentos tradicionais (como a terapia ou medicamentos inibidores seletivos de serotonina)  tinham taxas especialmente altas de inflamação.

Um levantamento detectou  sintomas da depressão em quase um terço da população brasileira.

Na área que atuo tenho realizado várias consultas de pessoas com depressão. Realizo a pesquisa das causas indicando a correção. Ao realizar o protocolo a cura já começa a acontecer. É muito gratificante acompanhar pessoas que há anos sofreram com essa patogenia que causa tanta dor emocional e sofrimento. 

 Afirmam que novas técnicas de tratamento são a princípio bem-vindas porque 30% das pessoas com depressão não respondem aos medicamentos atuais que em sua maioria causam colaterais  como ganho de peso, perda de libido ou insônia, transtorno bi polar, perda de memória, tristezas, fobias, falta de confiança em si , desejo de não fazer nada, solidão, entre tantos outros que seguem essa linha que afasta a pessoa do convívio com outras pessoas.
Felizmente as pessoas estão percebendo e falando mais sobre assuntos que eram considerados problemas mentais e geravam preconceitos. Aceitam mais a existência da ansiedade, bi polaridade, fobias e todos os outros sintomas como já colocado acima como sendo desequilíbrios que podem ser tratados, por vezes, com certa facilidade e rapidez. A maioria dos casos de depressão que acompanhei tem melhoras em poucos meses. 

Como colocado várias vezes nos blogs, inflamações são sinais de algo estranho no nosso corpo. Uso um termo não científico mas me parece o mais fácil de ser compreendido - SANGUE SUJO - O sangue passa por todo o corpo e órgãos, alterando o funcionamento do cérebro, causando todos esses sintomas, incluindo Parkinson e Alzheimer.

Entre os sintomas mais comuns da doença estão: falta de interesse pela realização de atividades prazerosas; a sensação de falta de esperança e desânimo; dificuldades para pegar no sono e/ou acordar; sensação de cansaço e falta de energia; falta ou excesso de vontade de comer; sensação de desprezo por si mesmo; dificuldade de concentração; falar ou agir de modo devagar ou rápido demais; e a presença de crises de ansiedade ou de ataques de pânico. Se esses sintomas descrevem a sua vida de alguma maneira, não deixe de procurar ajuda .

Nós trabalhamos com a Eletroterapia GFU para a inflamação/infecção e limpeza do sangue e com os suplementos naturais para aumentar a imunidade.

Estresse é inimigo do sistema imunológico
Crises seguidas de estresse podem afetar o funcionamento do sistema imunológico, tornando o organismo mais sensível às chamadas doenças infecciosas (que são transmitidas por vírus ou bactérias). É por isso que quem vive estressado costuma ser mais suscetível a gripes e resfriados, mesmo “fora de época” – e com sintomas mais incômodos e duradouros.

O estresse interfere na produção de cortisol. Quando em estresse, o corpo libera mais cortisol do que o necessário, causando um desequilíbrio onde o sistema imune não responda mais com a mesma eficiência.


O excesso de cortisol e de outros hormônios relacionados ao estresse  interferem no equilíbrio da nossa saúde. 

Você sabia que as reações cerebrais variam, dependendo do tipo de micro organismo que navega pela corrente sanguínea ?

 O sistema imunológico está em perfeita sintonia com o nervoso. 

Basta um intruso quebrar a barreira formada pelos glóbulos brancos — os soldados do organismo — para cair na corrente sanguínea e chegar ao cérebro.


A depressão, tristeza, fobias, fadiga crônica, fibromialgia, TPM (tensão pré-menstrual), sintomas da menopausa, podem indicar que estamos com bactérias na corrente sanguínea. Um assunto interessantíssimo, profundo e "muito pouco" divulgado. 


O último congresso anual da Sociedade Americana de Imunologia apresentou pistas interessantes de como uma infecção pode desencadear problemas emocionais ou de comportamento — incluindo o transtorno obsessivo compulsivo.

Diversos trabalhos mostram que as reações cerebrais variam, dependendo do tipo de micro organismo que navega pela corrente sanguínea, assim como a resposta do anticorpo que tenta combatê-loComo sempre chegamos no fator comum - sistema imunológico enfraquecido ... químicas e toxinas abrindo portas para os intrusos micro organismos patogênicos entrarem. Use o GFU e ajude seu corpo a se ajudar.

O pesquisador Chris Lowry diz que o estudo das bactérias relacionados ao cérebro ajudou a entender por que um sistema imunológico desbalanceado pode deixar alguns indivíduos vulneráveis a distúrbios do humor.

— Pesquisas como essas são importantes para deixar cada vez mais claro o mecanismo de comunicação entre o corpo e o cérebro, além de reforçar o quanto um sistema imunológico sadio é importante para a saúde mental — disse Lowry.
Por exemplo, quando um agente infeccioso quebra a barreira do cérebro, as células de defesa relacionadas ao lúpus — doença autoimune do tecido conjuntivo — são acionadas e podem danificar o hipocampo. 
LÚPUS E DEPRESSÃO
lúpus - doença inflamatória que ocorre quando o sistema imunológico ataca seus próprios tecidos. Efeitos colaterais: ansiedade e depressão.
Emocionalmente somos instáveis, uns dia temos um pouco mais de animo que outros, as vezes estamos mais eufóricos ou tristes que em outras situações, enfim nossa existência não é um evento programável e controlável, como alguns tentam divulgar. Mas o desequilíbrio torna mais acentuado os momentos tristes e desfavoráveis.


Os pesquisadores começam cada vez mais a comprovar que o intestino está de alguma forma ligado ao cérebro. Por exemplo, muitos dos distúrbios intestinais podem estar ligados ao estresse ou a transtornos tidos como psiquiátricos, como ansiedade e depressão. 
 O intestino pode afetar substâncias químicas do cérebro que têm sido relacionados com humor, como a serotonina e dopamina.
A modificação da microbiota (por exemplo, através de antibióticos, dieta ou infecção) pode ter profundos efeitos negativos sobre a função cerebral.

O ser humano ao vivenciar momentos impactantes ou difíceis pode apresentar sintomas depressivos, que muitas vezes são parte de um evento existencial que promove a reestruturação mental e comportamental, principalmente quando a realidade não corresponde as suas expectativas. O estresse e a perda, por exemplo, abaixam o sistema imunológico.


Tais exemplos não significam necessariamente doença e sim uma manifestação emocional de algum desconforto ou como se diz em na METAFÍSICA - TODO DESCONFORTO É UM SINAL DO NOSSO CORPO  nos mostrando a necessidade de nos cuidarmos melhor, de olharmos para nós, de conhecermos e RE conhecermos nossos sintomas melhorando assim nossa vida, nossa alimentação, nosso estilo de vida ... CUIDE de VOCÊ !!

Veja e sinta positivamente as mudanças que acontecem em sua vida. Perceba como elas podem te fortalecer, amadurecer  promovendo  mudanças para uma vida mais saudável.


Em busca do equilíbrio do psiquismo, a Medicina Tradicional Chinesa estuda uma série de fatores emocionais e físicos que são faces de um processo dinâmico e que estão inter-relacionados.

A integralidade da pessoa é um ponto muito importante para a Medicina Tradicional Chinesa, e a busca pelo equilíbrio físico, psicológico, espiritual e energético sempre voltados para a harmonia. 


Para a Medicina Tradicional Chinesa a depressão é entendida como uma baixa geral de energia circulante pelo organismo. Mesma visão da Eletroterapia.

Atualmente existe uma tendência de se medicar qualquer manifestação emocional. Sabemos que a maioria dos sintomas ditos como emocionais vem de um desequilíbrio do SER como um Todo.

 A Acidose causa MUITOS dos sintomas emocionais. Se quiser aprofundar:
http://gfugeradordefrequencia.blogspot.com.br/search?q=acidose
tem um artigo para que você possa avaliar qual seu nível de acidose 

Quando a pessoa está em desequilíbrio e com depressão, observamos alteração do pensamento, transformado em paranoia, mudança na capacidade de reflexão, passando a ter idéias fixas, comportamentos obsessivos, seguidos de melancolia e falta de vitalidade. 

Fisicamente podem ocorrer alterações no peso (ganho ou perda), alteração dos ciclos alimentares e menstruais, problemas circulatórios, respiratórios ou intestinais. Olha aí a criação do Diabetes. Um intestino com bactérias ... a Disbiose ... O excesso de sensibilidade afetando o Baço Pâncreas ... e o ser com Diabetes tem forte tendência para ter depressão.

A reflexão desequilibrada gera preocupação, que provoca alteração do apetite, desconforto abdominal, comprometendo a concentração e a memória, causando pensamentos ruminantes e não criativos.


 TUDO SEMPRE INTERLIGADO.  Quantas emoções que vem apenas de um desequilíbrio sendo tratadas com tanto medicamento ... 

Quando em depressão, o medo contamina o raciocínio, acabando com a sensação de bem-estar; causando fobias, apatia, baixa auto-estima, isolamento social e familiar e bloqueios emocionais. Fisicamente aparece palpitação, insônia, boca seca e transpiração noturna.

O ritmo respiratório torna-se descontrolado, apresenta indisposição generalizada, diarreia ou prisão de ventre, problemas de garganta e esôfago. Alguns dos sintomas das síndromes de pânico.

 Na Eletroterapia o foco é a limpeza sanguínea, aumento da oxigenação celular, limpeza dos órgãos OBJETIVANDO que o corpo se reequilibre como um TODO. 
Veja mais sobre em: 
http://gfugeradordefrequencia.blogspot.com.br/2011/03/x_23.html

A Acupuntura é um instrumento da Medicina Tradicional Chinesa muito poderoso no tratamento das depressões e sem efeitos colaterais, sendo reconhecido pela Organização Mundial de Saúde e com resultados surpreendentes para a comunidade científica ocidental. T
erapia que em conjunto com o GFU eletroterapia tem resultados bem mais rápidos. Esclarecendo que a acupuntura realizada num corpo sem acidose, com seu sangue limpo tem um efeito mais completo e profundo.

Visão da Medicina Antroposófica:
“Para a medicina antroposófica, as doenças psíquicas podem se originar na esfera orgânico-vital. Depressão e insônia, por exemplo, podem ter sua origem no metabolismo, especialmente no fígado, assim como a enxaqueca. O fígado faz a individualização das substâncias e cuida do metabolismo energético, o que nos confere vontade, força para decisão e atuação. O correto funcionamento do fígado deve trazer os aspectos fleumáticos do temperamento: bem estar, aparência jovial e uma boa “metabolização” das vivências tristes, que não chegam a causar depressão. O mal funcionamento do fígado pode levar à fraqueza de vontade, inércia, depressão, sintomas digestivos (empachamento, gosto amargo, intolerância à gordura) e medo da vida.”  Dr. Nilo Gardin

http://rafaelmarmo.blogspot.com.br/search/label/Medicina%20Tradicional%20Chinesa%20-%20Acupuntura
Biblioteca Virtual da Antroposofia.
http://gfugeradordefrequencia.blogspot.com.br/
http://saudavelfeliz.blogspot.com/
http://mineraisnaturais.blogspot.com/
Pesquisas de Metafísica da Saúde
Conhecimentos adquiridos por vivências e pelo trabalho que realizo.

 Legalmente é obrigatória essa declaração abaixo:

As informações, sugestões e idéias apresentadas neste documento são apenas para informação e não devem ser interpretadas como conselhos médicos, diagnóstico de doenças, ou para efeitos de prescrição. Os leitores devem consultar seu médico antes de iniciar qualquer programa de tratamento alternativo. As informações contidas neste documento não devem ser usadas para substituir os serviços ou as instruções de um médico ou profissional de saúde qualificado.
Este produto não é destinado a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença, dor, ferimentos, deformidade ou condição física ou mental. Consulte sempre seu médico.